top of page

1 a cada 3 consumidores vão antecipar compra de Natal na Black Friday



A Black Friday, a ser realizada na última sexta-feira de novembro (24), é um dos períodos mais aguardados do ano com cada vez mais pessoas interessadas em aproveitar as ofertas realizando compras de produtos e serviços com descontos significativos em lojas on-line e físicas. Com a expectativa de um aumento no volume de vendas, a data representa uma oportunidade para os comerciantes impulsionarem seus negócios.

Conforme apontado na pesquisa, os consumidores, estão cada vez mais atentos aos preços dos produtos e se preparam para ir às compras podendo obter itens planejados, uma parcela destes consumidores pretendem utilizar da data para adiantar compras do Natal. A data favorece o consumo pela oportunidade, tornando-se um bom momento para que o comércio invista em ações para atrair o consumidor que procura por preço, facilidade no pagamento, variedade de marcas e produtos, assim como o atendimento diferenciado.

Olhar Econômico, por Gilson Machado – Economista da Fecomércio MG

De acordo com a pesquisa realizada em todas as regiões da capital mineira, 53% dos consumidores que conhecem a Black Friday, pretendem ir às compras para aproveitar as ofertas trazidas, o que reflete uma excelente oportunidade também para os comerciantes elevarem o volume de vendas e consecutivamente suas receitas.

Foi detectado que os consumidores buscam não somente preços atrativos, mas requerem ações por parte dos empresários que proporcionem uma melhor experiência de compra. Nesse período, uma parte do público também estará inclinada a adiantar compras natalinas. Quase ¼ dos que conhecem a data, a percebem como “Dia de promoções no mercado online”.

Facilidade de pagamento, variedade de marcas e produtos e atendimento diferenciado são fatores relevantes para os consumidores ao efetivarem suas compras. Dessa forma, a pesquisa sugere que apesar dos preços serem importantes, a experiência de compra deve ser levada em consideração.

Já em relação aos preços, os consumidores que foram às compras no último ano analisaram os preços antes de adquirir seus produtos. Essa percepção foi notada tanto no virtual como no físico que, em ambos os casos, essa busca se deu por pesquisas online, em 94,3% e 57,1%, respectivamente.

Com isso, dos que conhecem a Black Friday, 56,4% disseram que podem realizar compras de produtos não planejados caso os descontos estejam atrativos. Ainda, 34% afirmam que vão aproveitar a data para antecipar as compras do Natal. Essa intenção observada pode ser justificada pelo recebimento da primeira parcela do 13º salário, o que reflete em maior disponibilidade de renda no período. Além disso, a intenção de compra observada para o período, sugere melhora no contexto econômico atual, com inflação dentro da meta, taxa básica de juros desacelerando e queda da taxa de desemprego, contribuindo para o aumento do poder de compra entre os consumidores. Contudo, adicionado aos pontos observados dos consumidores que foram as compras no último ano, não foi identificado diferença significativa ao passo que observamos o tíquete médio e o produto que mais teve saída em ambos os meios de compra (virtual e físico) foi roupas, calçados e acessórios.

Por fim, para o ano corrente, a intenção de consumo aponta para produtos como: roupas, calçados e acessórios, eletroeletrônicos, eletrônicos e telefonia. Porém, salienta-se que uma parcela significativa dos consumidores que vão as compras, estará disposta a investirem em produtos não planejados a depender dos preços ofertados.


(fonte: Fecomércio MG)

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page